Minha carreira - Primer RH

Aprenda a fazer Marketing Pessoal e gere mais oportunidades

6 de agosto de 2019

Investir em você é muito importante quando se trata do mercado de trabalho. Por ser um ambiente concorrido, é necessário ter atenção às suas mudanças. Adaptabilidade, eficácia e eficiência são fundamentais para um bom profissional, mas essas qualidades – e tantas outras – precisam ser aprimoradas sempre que possível. O conjunto de estratégias que servem para avalia-las, redescobri-las e usá-las a seu favor para crescer, não só profissionalmente, mas como indivíduo é nomeado como Marketing Pessoal.

Pense que tem dois minutos para descrever um produto pelo telefone antes que a ligação caia. Como ele seria vendido, quais as características a serem usadas mas principalmente o que diferencia o seu produto dos outros a fim de que a pessoa do outro lado da linha fique com o que você tem a oferecer. A analogia resume em um cenário onde a autopromoção resulta em destaque e mais oportunidades no mercado de trabalho. Melhorar a sua imagem, explorando diversos aspectos tais como suas habilidades, suas experiências, a capacidade de expandir sua rede de conexões e a participação nas redes sociais; sendo assim praticado a cada vez que se consegue usar esses aspectos para alavancar sua carreira e deixar sua marca. Em poucas palavras, é se fazer notar.

Em um mundo globalizado e tecnológico, estamos expostos a todo tipo de impressão de terceiros. Logo, temos que desenvolver e lapidar nossas competências para que a impressão que permaneça seja a melhor possível.

Certo, então você se pergunta: como vou aprimorar minhas qualidades, habilidades e características para me tornar um melhor profissional?

Segue abaixo algumas técnicas básicas e valiosas para um excelente Marketing Pessoal:

 

Tenha objetivos:

Trace metas possíveis de serem concretizadas. Escreva-as, torne-as reais em sua mente. Acima de tudo, planeje-se. Faça o bom e correto uso das 24h que tem. Anote tudo o for fazer no dia, semana ou mês e abra espaço para possíveis compromissos e contratempos que venham a aparecer. Saiba o que é necessário para qualificar-se na área de atuação que almeja e se ela cabe em seu cotidiano. E claro, mantenha seu currículo e cadastros online sempre atualizados.

 

Saiba quem e o que você é praticando o autoconhecimento:

Sócrates já dizia: “Conheça-te a ti mesmo.” Saiba quais são suas forças, fraquezas, ameaças e oportunidades (também conhecidas pela sigla SWOT), assim você poderá trabalhar por cima de cada uma delas e ter informações úteis sobre si. Liste os problemas que poderá enfrentar, o que não faz bem, o que pode melhorar e o nicho no qual você se encaixa. Desenvolva sua criatividade. Se autoconhecer lhe ajudará a entender quais tipos de qualificação você precisará obter, além listar argumentos sólidos para sua contratação. Aproveite esses momentos para melhorar sua comunicação e cuidar da mente.

 

Faça uso da internet e das redes sociais com responsabilidade:

Você está sim sendo vigiado! Muitas empresas pedem aos seus candidatos o link de seus perfis nas redes sociais como Facebook e LinkedIn para conhecer melhor aquele ou aquela que poderá a vir ser contratado(a); o que pode ser critério para seleção. Logo, não projete uma imagem tóxica de si ao falar mal e excessivamente de assuntos os quais desconhece ou não tem conhecimento aprofundado, como vários aspectos de polarização política. Não compartilhe ou repasse imagens, textos ou links com conteúdos delicados (ou spam). Exercite seu networking (rede de conexões): conheça pessoas afins com o que faz/pretende fazer, fale com elas, aprenda com elas.

Mantenha seu feed saudável para expressar-se de forma criativa, compartilhando momentos com quem você gosta e também, mantendo sua saúde mental em dia.

 

Ética e respeito também são importantes:

Trate os outros como gostaria de ser tratado: um dia você pode ser cliente, e no outro, colaborador(a). Por isso, tenha respeito com as pessoas pelas quais passar. Seja cordial e gentil. Atente-se aos códigos de vestuário e os incorpore ao seu estilo, mas em caso de dúvida, vista-se formalmente. Cuide de seus pertences. Procure ter transparência no seu currículo e/ou cadastro: não minta e/ou omita informações relevantes no momento da entrevista. Tenha sinceridade e caso não tenha uma qualificação exigida, você pode dizer gentilmente que não a tem. Esclareça todas as dúvidas possíveis e tenha sempre um bloco de anotações por perto. Atrasos e faltas acontecem, mas justifique-as sempre caso acontecerem e se puder, evite-as.

 

Lembre-se: não use as técnicas de Marketing Pessoal para passar por cima de ninguém. Não vale trapacear nesse ambiente.

 

>>> Leia para aumentar seu vocabulário e seu conhecimento: Como fazer amigos e influenciar pessoas, de Dane Carnegie.

Compartilhe