Minha carreira - Primer RH

Praticando a Atenção Plena

25 de agosto de 2021

A Atenção Plena (ou Mindfullness) é um estado onde treinamos qualidades de atenção ao momento presente e autocompaixão com experiências desafiadoras.

O foco está em  sair desse estado de falta de consciência e viver uma vida consciente do momento presente, dos seus sentimentos e sensações.

Sabe aquele momento em que você sente que está fazendo as coisas em “piloto automático” e fica pensando no que tem que fazer, com a mente divagando?
Pois então, pelo fato de sermos super, hiper mega conectados, estamos sempre distraídos e não conseguimos nos concentrar em uma única tarefa por vez.

Outro exemplo é quando você está focado trabalhando ou estudando e de repente começa a prestar atenção no mosquito que entra na sala, lembra das contas que precisa pagar, da consulta médica que esqueceu de marcar, confere as notificações do celular. Se você passa por situações semelhantes, saiba que você não está só. Essas situações acontecem por falta de consciência do momento presente.

Tem momentos em que estamos tão perdidos em preocupações com o futuro, lembrando do passado ou pensando em mil coisas que não atualmente não prestamos atenção no que estamos fazendo naqueles momentos.

Então bora aprender a como prestar mais atenção no momento presente e praticar a Atenção Plena!

O que é a Atenção Plena?

Atenção Plena (ou Mindfullness) é a prática de se estar no momento presente da maneira mais consciente possível. Isso significa estar atento a cada movimento, situação, respiração.

Em outras palavras, significa “estado mental alcançado quando se foca a consciência no momento presente, enquanto calmamente se reconhece e aceita seus sentimentos, pensamentos e sensações corporais”.

Ou seja, é você deixar de lado as distrações, pensamentos externos e sentimentos anteriores, para intencionalmente sentir, ouvir e viver plenamente.

Quais os benefícios do Mindfullness?

Por ser uma ferramenta acessível, e pode trazer diversos benefícios para a sua saúde e para o seu cotidiano. É difícil resumir essa lista, mas separamos os 10 principais itens que a prática de mindfullness irá te proporcionar:

  • Ajuda a desenvolver a inteligência emocional e a empatia;
  • Aprofunda o seu autoconhecimento;
  • Aumenta a sua capacidade de concentração;
  • Contribui para o controle do estresse e da ansiedade;
  • Reduz os riscos de insônia;
  • Melhora os seus relacionamentos pessoais;
  • Reduz o envelhecimento do cérebro;
  • Aumenta a sua capacidade de memória;
  • Diminui o impacto de pensamentos negativos;
  • Incentiva a sua criatividade.

Todos esses aspectos podem ser aplicados tanto na vida pessoal quanto na profissional, e por isso esta técnica já está no boca-aboca de tantos profissionais e estudantes.

Agora que você já sabe de todos esses benefícios incríveis, vamos para a melhor parte:

Como praticar Atenção Plena?

Aqui vão algumas dicas:

Preste atenção na sua respiração

Aqui a ideia é que você consiga perceber como o ar entra e sai ao realizar a respiração. Com esse exercício, que pode ser feito assim que acordar e ao longo do seu dia, você irá conseguir perceber como ela se altera e como ela interfere em suas ações. O encontro com a sua respiração também é um encontro com você próprio.

Exercite a sua capacidade de ouvir

Quantas vezes você já não concordou ou discordou de algo que alguém está falando, antes mesmo que essa pessoa termine de falar? O Mindfullness propõe que você escute, absorva e pense no que está sendo dito, antes de emitir uma opinião rasa ou superficial.

Repare na sua forma de comer

Comer não é apenas o ato de satisfazer algum desejo ou de se manter vivo, por isso, tenha calma ao se alimentar, repare quais os cheiros e texturas daquilo que está te alimentando, cuide da sua mastigação e perceba o trabalho do seu corpo durante a refeição.

Perceba como você anda

Você já reparou como você anda? E como você corre? Durante essa atividade tão rotineira, nem nos damos conta de como estamos pisando, respirando, caminhando ou correndo. O ato de andar parece simples, mas ele envolve diversas partes do seu corpo, então que tal perceber qual a sua atitude?

Hábitos rotineiros

Todo mundo faz xixi, toma banho e escova os dentes todos os dias, mas você já percebeu onde vai o seu pensamento enquanto pratica essas ações? E por que não se concentrar somente em executar essas atividades, sem pensar em outras tarefas passadas ou que ainda nem aconteceram?

Perceba o ambiente que você está

A vida é convivência diária com múltiplas personalidades, humores e estados de espírito. Por isso, sinta o que está sendo vibrado ao seu redor e tenha respostas mais assertivas.

Faça breves pausas

A gente corre tanto que esquece de absorver as sensações e benefícios do que acabamos de executar e já partimos para a próxima. Ter proatividade ajuda a ter mais dinamismo, mas também nos deixa cegos para comemorar pequenas conquistas ou aprender com possíveis erros.

Lembrando que o hábito de praticar estes exercícios leva você ao ponto de deixar qualquer outra pendência e pensamento em segundo plano. Assim, você executa no seu máximo e os resultados do desempenho são muito acima do esperado!

Utilizando o Mindfullness para elevar o foco

MEDITE: Os benefícios da meditação são fantásticos. Você pode começar com 5 minutos diários e a medida que for evoluindo, vai conseguir fazer no próprio trabalho ou andando pela rua, por exemplo.
Com a meditação, você consegue se preparar melhor para uma reunião, para o dia que está começando, etc. Existem aplicativos que te ajudam na meditação guiada, como o Headspace.

ELIMINE DISTRAÇÕES:  A medida que você vai pegando o jeito na prática da Atenção Plena, você vai percebendo coisas que antes não percebia, como as coisas que tiram o seu foco. Criando consciência, você é capaz de perceber o que te distrai e o que tira seu foco e sua atenção plena. Você pode colocar o celular em modo avião, por exemplo, ou então estabelecer um horário específico para olhar e-mails. Técnica Pomodoro que nos ajude!

RESPIRE!: As técnicas de respiração (nós indicamos o site desacelera) podem ser usadas para momentos de ansiedade, estresse e perda de foco. Elas te ajudam ficar calmo e centrado e com treino, você consegue fazer em qualquer lugar e já no modo automático quando estiver diante de alguma situação de estresse ou ansiedade; ainda mais em momentos como este que estamos vivendo.

Tente ir para um lugar tranquilo, foque no exercício. Sempre que sentir que está perdendo o foco na respiração, recomece. Respire fundo até perceber que seus batimentos cardíacos estão mais calmos. 

PERMITA-SE SENTIR:  Quando estiver fazendo algo, tente focar ao máximo somente naquilo.
Por exemplo, ao fazer uma refeição, procure se concentrar nas sensações que a comida provoca no seu corpo.

Permita-se sentir suas emoções. Não é preciso lutar contra elas, e sim entender porque você se sente assim. Com o tempo e a prática, vai ficando bem mais claro.

Não há nada de errado e é normal se distrair. O problema é quando você deixa esse estado interferir na sua vida e isso começa a te causar prejuízos.


Links relacionados

Mantendo a disciplina em tempos difíceis
Adaptabilidade: gerencie melhor sua vida
5 aprendizados sobre saúde mental no trabalho

Compartilhe