Minha carreira - Primer RH

O papel do novo RH nas empresas tradicionais

28 de outubro de 2019

A transformação que vivemos hoje em diferentes mercados não é apenas sobre tecnologia – é sobre a mudança no comportamento das pessoas

As empresas (inclusive as mais tradicionais) já começaram a perceber que suas práticas e processos engessados não funcionam mais como antigamente – e novos modelos precisam surgir. Quer saber qual é o papel do novo RH na transformação das empresas? Você veio ao lugar certo! Continue lendo.

Por estar em contato direto com todos os setores e pessoal da empresa, a área de recursos humanos desponta como uma das grandes protagonistas dessa transformação.

Em empresas tradicionais, onde há necessidade de reinventar processos bem consolidados e chacoalhar estruturas sólidas, este trabalho é crucial para o futuro do negócio.

Mas para isso, o RH deve ser uma das primeiras áreas a se transformar, deixando de atuar apenas em processos administrativos para assumir um papel fundamental como disseminador dessa nova cultura.

O que é o novo RH?

A ideia de recursos humanos como uma área excessivamente burocrática, com uma política baseada apenas nas necessidades da empresa – deixando de lado a expectativa do colaborador – e atrelada somente aos processos administrativos pertence ao passado.

O novo RH é ágil, humanizado e muito mais voltado para planejar, executar e acompanhar a jornada do colaborador (desde o recrutamento, seleção, contratação, acompanhamento, retorno, desempenho, desenvolvimento, evolução, etc.) do que para os processos administrativos.

Algumas das principais características do novo RH são:

A visão sistêmica sobre o negócio;

Recrutamento e seleção alinhadas à cultura organizacional;

Proximidade com os funcionários;

Desenvolvimento dos colaboradores;

Gestão de informações para tomadas de decisão.

Ainda podemos acrescentar a essa lista uma visão sistêmica sobre o mercado – o setor de Recursos Humanos também precisa olhar para fora da empresa, entender quais são as novas tendências decorrentes da transformação digital.

Qual é o papel do novo RH nas empresas?

Todas essas características anteriormente listadas podem ajudar a desenvolver uma cultura de inovação nas empresas.

O RH deixa de ser uma área deslocada do restante da organização e se torna uma peça-chave para ajudar a empresa a inovar e a se transformar digitalmente, atuando (1) de forma estratégica e (2) ligada aos objetivos da empresa.

1• Por que estratégica?

O novo RH se torna um radar de tendências no mercado e uma ponte entre as novas metodologias de trabalho e o restante da organização.

Assim como as pessoas e as empresas começam a adotar metodologias mais ágeis para acompanhar as mudanças que acontecem no mercado, o novo RH se torna mais ágil e se adequa rapidamente à forma como as empresas se organizam. Ele também é um dos grandes responsáveis por disseminar essa cultura para todas as áreas da empresa.

2• Os objetivos da empresa são ligados de que forma?

O papel do novo RH também envolve uma aproximação cada vez maior com os objetivos das empresas. As empresas (das mais modernas às mais tradicionais) buscam, cada vez mais, ter bem definidos os seus objetivos e resultados-chave.

Ao passo que o desdobramento desses objetivos se torna mais claro para todas as áreas, – inclusive para o RH – os profissionais dessa área podem desenhar suas estratégias de forma a auxiliar outros setores no atingimento dos objetivos.

Por exemplo: quando a retenção de talentos passa a fazer parte dos objetivos da empresa, o RH parte em busca de soluções para melhorar o processo de seleção, criar um ambiente de trabalho mais saudável, rever suas políticas de pagamentos e benefícios, etc.

Da mesma forma, quando um dos objetivos da empresa é desenvolver seus colaboradores para assumir posições de liderança na empresa, o RH busca, em conjunto com as lideranças atuais, soluções para treinar e capacitar os funcionários – como cursos e treinamentos corporativos.

Na prática, como age o novo RH?

Para ficar ainda mais claro o papel do novo RH na transformação cultural das empresas tradicionais, listamos outras práticas e ações promovidas pelas áreas de recursos humanos que estão alinhadas com uma cultura de inovação organizacional. Confira:

Proximidade muito forte com as áreas de Comunicação e Marketing;

Foco no ambiente de trabalho e na experiência do colaborador;

Flexibilidade de horários e possibilidade de home office;

Metodologias ágeis de trabalho e divisão em grupos;

Incentivo a uma cultura horizontal e de retorno construtivos;

Desenvolvimento de pessoas a partir de cursos e treinamentos corporativos;

Criação de uma cultura diversa e inclusiva;

Preocupação genuína com a saúde e o desenvolvimento do colaborador.


Se liga! Se você é um profissional da área e quer construir um RH estratégico e protagonista das transformações da sua empresa, ou é um profissional querendo expandir seus conhecimentos sobre a área, temos uma oferta para você!

Sábado, dia nove de novembro, a Primer estará realizando o curso Técnicas de Entrevista para Recrutamento e Seleção com Marcia Steidl. Para mais informações, clique na imagem.

Compartilhe